sábado, 14 de janeiro de 2012

John MacArthur Jr - 1 Pe 2.24 mostra a cura total?


Os carismáticos usam freqüentemente esta passagem para apoiarem sua forte ênfase sobre o dom de curar — “Carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados”.

O princípio gramatical de interpretação aplica-se perfeitamente a este caso. Qual o significado da palavra “sarados” no contexto? Não há menção à cura física neste versículo — nem nos versículos circunvizinhos. O texto diz apenas que, ao morrer na cruz, Cristo levou os nossos pecados em seu corpo, e não as nossas doenças. 1 Pedro 2.24 diz que vivemos para a justiça — e não para a saúde — uma distinção importante.

Outro teste gramatical é a informação “por suas chagas, fostes sarados”. O tempo verbal no passado aponta, de imediato, para a cruz, onde a alma da humanidade, enferma pelo pecado, foi curada. O versículo não afirma: “Pelas chagas dele vocês são continuamente sarados de males físicos”.

O princípio da síntese também é útil para montrar por que a interpretação carismática de 1 Pedro 2.24 está errada. Quando pesquisamos outras passagens da Escritura, aprendemos que nossa alma foi redimida, embora o corpo não tenha alcançado o estado de glória. Romanos 8.23 diz: “Nós, que temos as primícias do Espírito, igualmente gememos em nosso íntimo, aguardando a adoção de filhos, a redenção do nosso corpo”. Esse versículo nos mostra que ainda vivemos em corpos afetados pela Queda. Ainda estamos sujeitos a doenças e outros males. O Espírito nos ajuda a vencer nossas fraquezas; por exemplo, ele ora por nós quando não sabemos orar como deveríamos (Rm 8.26). Entretanto, não há garantia de sermos livres de doenças nesta vida.


Fonte: Livro "Caos carismático".