domingo, 3 de junho de 2012

John Piper - Aqueles que têm fé são os filhos de Abraão


Março 20, 1983
JOHN PIPER

Assim Abraão "creu em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça." Então, você vê que são os homens de fé que são os filhos de Abraão. E a Escritura prevendo que Deus justificaria os gentios pela fé, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: "Todas as nações serão benditas em ti". Então, aqueles que são homens de fé são abençoados com Abraão, que também possuia fé.

Gálatas 3:6-9
Você pode ser um filho de Abraão?

A Palavra de Deus a partir deste texto diz para nós que qualquer judeu ou gentio, rico ou pobre, homem ou mulher, branco, preto ou marrom, de raciocínio rápido ou lento, velho ou jovem, pode ser um filho de Abraão e herdar as bênçãos prometidas aos filhos de Abraão, se viverem pela fé.

A estrutura do texto é simples. O ponto principal é indicado de duas maneiras diferentes, uma vez no verso 7, e uma vez no versículo 9. E cada uma delas é precedida por seu apoio no Antigo Testamento. O versículo 6 cita Gênesis 15:6, "E creu ele no SENHOR, e foi-lhe {ou contou-lhe} imputado isto por justiça." E o versículo 7 estende este versículo, juntamente com o versículo 5, dando uma inferência geral: "Sabei pois que os que são da fé são filhos de Abraão". A única coisa que faz uma pessoa ser "filho de Abraão"é a fé. Em seguida, o versículo 8 cita Gênesis 12:3 (e 18:18), "e em ti serão benditas todas as famílias da terra." E o versículo 9 estende a inferência, "De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão." O que qualifica uma pessoa para herdar a bênção de Abraão é a fé. Assim, o principal ponto - a Palavra de Deus para nós hoje (expresso nos versos 7 e 9) é que qualquer um de nós que vive pela fé é um filho de Abraão, e herdará as bênçãos de Abraão.

Eu posso pensar em pelo menos duas razões por que as pessoas, simplesmente, não dariam importância a este aviso. Uma razão é que eles não têm idéia do que significa ser um filho de Abraão e nenhum senso do estupendo valor da bênção prometida aos filhos de Abraão. E o outro motivo é que eles não podem ver como um americano do século 20, que não tem uma célula judaica em seu corpo, pode ser chamado de filho de Abraão. Em outras palavras, se esta promessa em Gálatas 3:6-9 vai fortalecer a nossa fé e aumentar a nossa alegria, temos de mergulhar fundo e ver o que isso significa e como ela está fundamentada no Antigo Testamento. E esse é o meu objetivo: o progresso e a alegria da vossa fé (Filipenses 1:25), porque eu sei que a fé genuína trabalha-se em amor (Gálatas 5:6), e quando as pessoas vêem o amor sacrificial do povo de Deus, muitos são agarrados por isto e dão-Lhe glória (Mateus 5:16). Portanto, para o bem da nossa fé, do nosso amor, e, finalmente, da glória de Deus, vamos ver como Paulo entende os versos 7 e 9 fora do Antigo Testamento, e o que eles significam para nós hoje.

Não depende da descendência física

Um bom entendimento desta passagem depende daquilo que significa ser um filho de Abraão. Então, vamos tentar responder primeiramente esta pergunta. A primeira coisa que precisa ser dita é que Paulo acredita que filiação não depende de descendência física. Por exemplo, em 3:28, 29 diz ele,

Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa

Então, a primeira coisa a ser dita é que judeus e não-judeus podem ser descendentes ou filhos de Abraão. Filiação não depende de descendência física. Romanos 9:6, 7, confirma isso:

Não que a palavra de Deus haja faltado, porque nem todos os que são de Israel são israelitas. Nem por serem descendência de Abraão são todos filhos.

Mas não é necessário ir além do nosso texto para ver isso. Não estão os versos 7 e 9 se referindo a um mesmo grupo de pessoas? O versículo 7 diz que "os da fé são filhos de Abraão." E o versículo 9 diz que "os que são da fé são benditos com o crente Abraão.", certamente, estas são as mesmas pessoas: Os filhos de Abraão, que irão, por conseguinte, desfrutar das bênçãos prometidas a Abraão e seus filhos. Mas, é evidente, a partir da conexão entre os versículos 8 e 9 que estas pessoas incluem gentios. O versículo 8 cita Gênesis 12:3, "e em ti serão benditas todas as famílias da terra (ou seja, os gentios)"- não apenas judeus. E do que Paulo infere do versículo 9: "que os que são da fé são benditos." Então, os crentes do versículo 9 deve incluir os gentios e, uma vez que, estes são os mesmos crentes no versículo 7, que são chamados filhos de Abraão, os filhos de Abraão devem incluir os gentios. Essa é a primeira coisa sobre ser um filho de Abraão: ela não depende da descendência física de Abraão.

Eu sei que soa estranho para nós, mas isto é de grande importância no Evangelho: brancos, protestantes anglo-saxões podem se tornar filhos de Abraão; hispânicos, laosianos e cambojanos podem se tornar filhos de Abraão; negros, africanos e muçulmanos podem se tornar filhos de Abraão, anti-semitas, pessoas sem instrução e nazistas podem se tornar filhos de Abraão; Hitler poderia ter se tornado um filho de Abraão.

Fonte: Trecho extraído de Piper, J. (2011). A holy ambition: To preach where christ has not been named. Minneapolis, MN: Desiring God.

Traduzido por Eric N. de Souza