domingo, 28 de julho de 2013

Heber Carlos de Campos - Governo providencial de Deus


... a atividade de Deus diz mais respeito ao “propósito diretivo de toda realidade e do curso da história para os fins que Deus tem em mente. É a execução real, dentro do tempo, de seus planos projetados na eternidade.”1

Por essa razão, os teólogos definem o governo incluindo a idéia do controle e do propósito ou fim. Se Deus governa o universo é objetivando um grande propósito, um fim estabelecido. Do contrário, a idéia de governo não tem sentido. Berkhof define o governo providencial de Deus como “a atividade contínua de Deus por meio da qual Ele governa todas as coisas teleologicamente de maneira que assegura o cumprimento do propósito divino”.

Legenda
1 - Millard J. Erickson, Christian Theology (Baker, 1990), 394.


Fonte: Extraído do livro “O ser de Deus e as suas obras” da editora Cultura Cristã