sexta-feira, 30 de maio de 2014

Herbert M. Carson - Justiça de Cristo em dois ângulos diferentes


A fim de apreciar a plenitude da justificação, é instrutivo contemplar a justiça de Cristo de dois ângulos diferentes. Por um lado, Ele é o grande substituto que tomou sobre Si mesmo, não apenas a culpa dos transgressores da lei, mas também a punição que a justiça divina exigia. "Carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados" (I Pedro 2:24). Assim, há libertação da culpa e isenção da pena. Agora, contemplado do outro ângulo, Ele não é apenas o substituto divino que tomou o lugar de transgressores da lei, Ele é também o nosso representante, Aquele que guardou perfeitamente a lei de Deus. A Sua obediência à lei não foi apenas literal, porém, foi realizada por motivo e por espírito. Esta justiça positiva é atribuída a nós, somos vistos como praticantes da lei por causa da nossa fé em Cristo.

Fonte: “Declarado Inocente” da PES