quarta-feira, 13 de agosto de 2014

James Buchanan - A Justificação imputa e a Santificação outorga

Apesar de ser inseparavelmente unidas, há uma diferença entre justificação e santificação. Na justificação, Deus imputa a justiça de Cristo aos crentes; na santificação, o Espírito Santo outorga a graça de santidade e dá forças para viver piedosamente. Na justificação, o pecado é perdoado; na santificação, o pecado é verdadeiramente mortificado. A justificação liberta todos os crentes da ira de Deus sem qualquer distinção; a santificação nunca é igual em todos os crentes, antes, varia na medida em que cada um cresce na graça. A santificação nunca será perfeita em nenhuma pessoa enquanto estiver nesta vida, mas, por outro lado, os crentes não podem ser justificados mais do que já são! A sua justificação já inclui a plena aceitação diante de Deus, como também o direito à vida eterna.

Fonte: “Declarado Inocente” da PES