quarta-feira, 15 de outubro de 2014

John MacArthur - Autoridade masculina

Deus, porém, estabeleceu o princípio da autoridade masculina e da submissão feminina com o propósito de ordem e complementação e não com base na superioridade inata dos homens. Um empregado pode ser mais inteligente e mais hábil do que seu patrão, mas uma empresa não pode funcionar bem sem a submissão à autoridade, mesmo que aqueles que lideram não sejam tão competentes quanto deveriam. Os líderes eclesiásticos são escolhidos entre os homens mais espirituais da congregação, mas outros membros podem ser ainda mais espirituais. Aqueles que não ocupam posições de liderança ainda são chamados para se submeter aos líderes.

Pode haver nas igrejas mulheres que estudam mais a Bíblia e pregam melhor do que muitos homens. Se elas, porém, são obedientes à ordem divina e comprometidas com seu desígnio, submeter-se-ão à autoridade masculina e não tentarão usurpá-la.

Fonte: “Homens e mulheres” da Editora Textus