quarta-feira, 5 de agosto de 2015

João Calvino - Mulher, o que tenho a ver contigo? (João 2:4)

Esta é uma passagem notável. Ora, por que ele absolutamente recusa à sua mãe o que depois graciosamente admitiu tão amiúde a toda sorte de pessoas? Além disso, por que ele não satisfaz com a mera recusa, mas ainda a coloca na categoria comum de mulher, nem mesmo honrando-a com o título de mãe? É indubitável que este dito de Cristo adverte pública e francamente aos homens a terem o cuidado de não transferir a Maria o que pertence a Deus, exaltando de modo tão supersticioso a honra do nome maternal da Virgem Maria. Cristo, pois, se dirige a mãe nesses termos com o fim de transmitir uma lição perpétua e geral a todas as gerações, para que alguma honra extravagante prestada a sua mãe não viesse a obscurecer sua divina glória.


Fonte: “O evangelho segundo João – Vol 1” da Editora Fiel.