quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

John Frame - Salmodia exclusiva?

Mesmo admitindo que o cântico seja um elemento do culto é preciso verificar que os defensores do uso exclusivo de salmos não tratam o cântico da mesma forma com que tratam outros elementos. O mesmo argumento utilizado para provar o uso exclusivo do Saltério poderia igualmente provar que apenas poderíamos utilizar orações e sermões escritos na Bíblia1. Entretanto, mesmo os mais ferrenhos defensores da exclusividade do Saltério permitem a pregação e a oração espontâneas no culto.

1  Todos os sermões da Bíblia são, por natureza, sermões inspirados dos profetas, de Jesus e dos apóstolos. Portanto, poderia-se argumentar que não existe, na Bíblia, nenhuma justificação para ‘pregações não inspiradas’. O mesmo podemos dizer da oração.


Fonte: “Em Espírito e em Verdade” da Editora Cultura Cristã.