sábado, 13 de fevereiro de 2016

Anthony Hoekema - Santificação, obra conjunta ou somente de Deus?


...“pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar”. Deus realiza em nós o processo inteiro de santificação – tanto a vontade de que ela ocorra quanto a sua realização. Quanto mais intensamente trabalhamos pela santificação, mais certeza temos de que Deus está trabalhando em nós.
Como, então, definir a relação entre a obra de Deus e a nossa tarefa? Deveríamos dizer, como o fazem alguns, que a santificaçãoo é uma obra de Deus em que os crentes cooperam? Todavia, essa forma de apresentar a doutrina implica erroneamente que cada um, Deus e nós, realiza uma parte da obra da santificação. De acordo com John Murray,
A obra de Deus em nós não se interrompe porque também atuamos, nem nossa tarefa se interrompe porque Deus atua. Tampouco se trata de uma relação estritamente de cooperaçãoo, como se Deus fizesse a sua parte e nós, a nossa [...] Deus opera em nós e nós também operamos. Mas a relação é: porque Deus trabalha, nós trabalhamos.
Resumindo, podemos dizer que santificaçãoo é uma obra sobrenatural de Deus na qual o crente é ativo. Quanto mais ativos formos na santificação, mais certos podemos estar de que a força poderosa que nos capacita a ser ativos é o poder de Deus.

Fonte: Trecho de “5 perspectivas sobre a santificação” da Editora Vida